Fachada do Cine Ideal na Década de 1970

Fachada do Cine Ideal na Década de 1970

 Fachada principal do Cine Ideal. Década de 1970

De propriedade de Aprígio de Menezes, o Ideal Cine-Theatro foi então inaugurado em 24 de março de 1928. O filme exibido foi Só Por Uma Noite, com o artista Tom Moore. A banda de música da Força Policial tocou durante a inauguração. A estrutura do cinema tinha capacidade para 500 espectadores. Localizava- se na então rua Xavier de Mendonça, no antigo bairro dos Tócos, atual Nossa Senhora Aparecida, Zona Sul.

Em junho de 1928, a empresa Fontenelle & Cia o arrendou para exibir filmes durante todo o mês de junho. O Ideal fechou por um curto período e foi então reinaugurado em 06 de julho de 1929, agora pertencendo à Empresa de Diversões Amazônia Limitada. O filme de estreia foi Ufa, o Preço de uma Paixão. Deixou de ser assim mencionado nos jornais em 1930.

Dez anos mais tarde, em 24 de dezembro de 1940, no bairro São Raimundo teve sua inauguração com nomenclatura semelhante, o Cine Ideal. Este, durante sua existência, pertenceu primeiramente a Empresa de Cinema Avenida Limitada e posteriormente à empresa A. Bernardino & Cia. Ltda. Situava-se então nas esquinas das ruas Cinco de Setembro e Boa Vista. Com 405 lugares, apresentou em sua estreia duas películas, E as Chuvas Chegaram, estrelado pelos atores Myrna Loy, Tyrone Power e George Brent, e Transpacífico. Funcionou assim até 31 de janeiro de 1972.

Acervo: Jornal do Commercio.

Imagem retirada do livro Manaus, entre o passado e o presente do escritor Durango Duarte.

Texto retirado do Livro A Sétima Arte em Manaus do escritor Durango Duarte.