Anúncio da Escola Brasileira de Manaus

Durango Duarte - Anúncio da Escola Brasileira de Manaus

Imagem do Anúncio da Escola Brasileira de Manaus, fundada em 8 de fevereiro de 1938, pelo casal Pedro e Lourdes Silvestre e que funcionava, inicialmente, na então rua 24 de Maio, Centro. A escola oferecia os ensinos Primário, Pré-Fundamental, Fundamental. Além disso, fiz um curso preparatório na área de pedagogia destinado aos professores que iriam participar de concurso público. conforme o Anúncio da Escola Brasileira de Manaus informava.

Em 1939, a escola mudou-se então para a rua Doutor Moreira, onde permaneceu até 1944, logo depois uma nova mudança, para então rua Comendador Alexandre Amorim, no bairro Nossa Senhora Aparecida. Dois anos depois, a escola passo a se chamar Ginásio Brasileiro.

Já em 1957, outra mudança aconteceu, agora para a então rua Dez de Julho, no centro de Manaus. Após 4 anos, a escola mudou de nome passou a se chamar de Colégio Brasileiro, até ser desativada.

O governo estadual adquiriu colégio em 1990 e o ativou novamente, adaptando ele para ser uma escola pública.  Tanto que a celebridade de inauguração dele aconteceu no dia dia 14 de março de 1991, foi denominado de Colégio Brasileiro Pedro Silvestre.

Anúncio. In: O Jornal, de 17.09.1943.

Imagem e texto retirados do livro Manaus, entre o passado e o presente do escritor Durango Duarte.