• Durango Duarte - Anúncio da Escola Brasileira de Manaus
    • Iconografia
    • Manaus
    • Manaus, entre o passado e o presente

    Anúncio da Escola Brasileira de Manaus

    Anúncio. In: O Jornal, de 17.09.1943.

    Fundada em 8 de fevereiro de 1938 pelo casal Pedro e Lourdes Silvestre, a Escola Brasileira de Manaus funcionou, inicialmente, na rua 24 de Maio, Centro. Oferecia os ensinos Primário, Pré-Fundamental, Fundamental e o Pedagógico – este último, um curso preparatório destinado aos professores que desejassem participar de concurso público.

    Em 1939, transferiu-se para a rua Doutor Moreira, onde ficou até 1944, quando mudou de endereço novamente e passou a funcionar na rua Comendador Alexandre Amorim, no bairro Nossa Senhora Aparecida. Dois anos depois, seu nome foi alterado para Ginásio Brasileiro.

    Em 1957, essa Escola foi instalada na sua localização atual, na rua Dez de Julho, n. 843, Centro. Decorridos quatro anos de funcionamento na nova casa, em 15 de março de 1961, assumiu a nomenclatura Colégio Brasileiro, até ser desativada.

    Suas atividades foram retomadas em 1990, quando o Governo do Estado adquiriu esse Colégio e o adaptou para ser uma escola pública. Inaugurado no dia 14 de março de 1991, foi denominado Colégio Brasileiro Pedro Silvestre.

    Imagem e texto retirados do livro Manaus, entre o passado e o presente do escritor Durango Duarte.

Fechar

Deixe uma resposta