Vista da Praça Uruguaiana Atual Dom Bosco

Vista da Praça Uruguaiana Atual Dom Bosco

 

Vista da Praça Uruguaiana. Início do século XX.

Segundo Mário Ypiranga Monteiro, antes da denominação Praça Uruguaiana, foi conhecida como Praça do Cumã. Possivelmente, uma referência à antiga travessado Cumã, hoje, rua Itamaracá, que começava na então rua Brasileira, atual avenida Sete de Setembro, e terminava no início dessa Praça.

Em 1905, o então superintendente municipal Adolpho Lisboa realizou o trabalho no jardim. Decorridos sete anos, esse jardim se transformou em gramado e a Praça recebeu assim a plantação de algumas mudas de mangueira.

Em agosto 2002, após reformado, o espaço foi então entregue à população pelo prefeito Alfredo Nascimento. Em meio às comemorações do então aniversário de nascimento do seu patrono, a Associação de Ex-Alunos do Colégio Dom Bosco inaugurou, uma estátua na Praça.

A Praça está então localizada entre a avenida Epaminondas, a rua da Instalação e uma Agência da Previdência Social, no Centro.

Cartão-postal A Favorita.

Imagem retirada do livro Manaus, entre o passado e o presente do escritor Durango Duarte.