Fachada da Igreja Dom Bosco

Fachada da Igreja Dom Bosco

Fachada da Igreja Dom Bosco

A origem dessa Igreja em Manaus deve-se então à chegada dos primeiros padres da Pia Sociedade de São Francisco de Salles à Cidade, em 24 de julho de 1921. Os quais vieram fundar o então Colégio Dom Bosco, em atendimento a uma solicitação do bispo diocesano Dom João Irineu Joffily.

Os salesianos, que já desenvolviam suas atividades na região do rio Negro desde 1914, foram instalados em um prédio ainda em construção, na então avenida Epaminondas, cedido pela Diocese e projetado, inicialmente, para ser sede do Palácio Episcopal.

Seis anos após o começo das atividades do Colégio, teve início as obras da primeira capela, em 1927. Essa ermida era toda em madeira, com apenas a fachada em alvenaria – material que, posteriormente, substituiria toda a estrutura da igreja.

Ao contrário das outras paróquias citadas neste Capítulo – que possuem o caráter territorial –, em 5 de fevereiro de 1993, o Colégio Dom Bosco teve assim sua elevação à categoria de Paróquia Pessoal para atender, exclusivamente, a sua comunidade escolar.

Naquele mesmo ano, em 28 de agosto, inaugurou-se a atual igreja, em substituição a anterior, com feições arquitetônicas diferentes assim da inicial.

Foto: Thiago Duarte.

Acervo: João Bosco Araújo.

Acervo: Colégio Dom Bosco.

Imagem e texto retirados do livro Manaus, entre o passado e o presente do escritor Durango Duarte.