Anúncios de Antigos Hotéis da Cidade de Manaus

Anúncios de Antigos Hotéis da Cidade de Manaus

 

Anúncios de Antigos Hotéis da Cidade de Manaus

A referência que se tem conhecimento sobre um primeiro espaço específico para abrigar pessoas temporariamente foi uma hospedaria construída alguns séculos antes de Cristo. Na Grécia Antiga, no então santuário de Olímpia, local onde ocorriam os jogos olímpicos.

O primeiro hotel comercial do mundo – o Wekalet-Al-Ghury– foi então edificado no começo do século XVI, no Cairo, Egito, e, nos dias de hoje, funciona como um centro cultural. Já o início da hotelaria como indústria moderna ocorreria somente no século XIX com a então construção do Hotel Tremont House, em Boston,Estados Unidos da América.

O Hotel Ritz, primeiro estabelecimento hoteleiro da França, teve sua construção em 1870 sendo considerado o marco inicial da então hotelaria planejada. As primeiras redes de hotéis, como a francesa Ritz-Carlton e a inglesa Trust Houses, foram criadas no início do século XX.

Anúncios de Antigos Hotéis da Cidade

Marco Antonio Serafin (2005), em seu artigo assim intitulado A história da hotelaria no Brasil e no mundo, afirma que a hotelaria brasileira teve início com a chegada da Família Real, em 1808. Isso incentivou a instalação de hospedarias no Rio de Janeiro, então Capital Federal. Já que, até a metade do século XVIII, não existi a esse tipo de estalagens por aqui. Exatamente um século depois, em 1908, o Brasil conheceria o seu primeiro hotel moderno: o Hotel Avenida, no Rio de Janeiro.

Em Manaus, o então crescimento econômico ocorrido nas últimas três décadas do século XIX, desencadeado pelo interesse internacional sobre a nossa goma elástica, fez com que surgissem pensões, hospedarias e estalagens para atenderem à demanda de pessoas que aqui chegavam, a negócios ou a passeio.

Hotéis da Cidade de Manaus

No entanto, alguns desses estabelecimentos eram chamados de hotéis, mesmo sem a estrutura que os caracterizasse como tal. Destaque para o então projeto de criação da Hospedaria de Imigrantes – que, na prática, nem chegou a funcionar como hotel – e para o Hotel Cassina e o Grande Hotel, dois ícones do início da hotelaria em Manaus e que, hoje, não existem mais.

A Pensão Excelsior localizava-se na Rua Municipal, atual Sete de Setembro, o Grande Hotel da Madama na Rua dos remédios e o Hotel Restaurant Français na Avenida Eduardo Ribeiro canto com Rua Saldanha Marinho.

SISTEMA DE CLASSIFICAÇÃO HOTELEIRA

A primeira classificação hoteleira do Brasil data do século XVIII sendo assim realizada por Charles Burton para as hospedarias paulistanas. 1ª Categoria – Simples pouso de tropeiro; 2ª Categoria – Telheiro coberto ou rancho ao lado das pastagens; 3ª Categoria – Venda, mistura de venda e hospedaria; 4ª Categoria– Estalagens ou hospedarias, e 5ª Categoria – Hotéis.

Em Manaus, no início do século XX, os estabelecimentos hoteleiros tiveram sua classificação em três escalas: até dez quartos, de dez a vinte quartos e mais de vinte quartos.

A simbologia estrela é utilizada desde a década de 1970 como parâmetro oficial para as categorias do então Sistema Brasileiro de Classificação de Meios de Hospedagem. Pela legislação atual, essa classificação é dividida assim em seis categorias: Simples, uma estrela; Econômico, duas estrelas; Turístico, três estrelas; Superior, quatro estrelas; Luxo, cinco estrelas, e Superluxo, cinco estrelas mais as letras S e L.

In: Jornal O Tempo, de 01.01.1918.

Acervo: Biblioteca Samuel Benchimol

Anúncios do Hotel Français e do Hotel da Madama. In: Annuario de Manáos 1913-1914.

Imagem e texto retirados do livro Manaus, entre o passado e o presente do escritor Durango Duarte.