• Durango Duarte - Fachada do Colégio Santa Dorotéia
    • Iconografia
    • Manaus
    • Manaus, entre o passado e o presente

    Fachada do Colégio Santa Dorotéia

    Fachada principal do prédio da escola. Foto: Durango Duarte.

    Primeira escola católica de Manaus dirigida por uma congregação religiosa, o Colégio Santa Dorotéia foi idealizado por Dom José Lourenço da Costa Aguiar, primeiro bispo do Amazonas, que solicitou à Congregação das Irmãs de Santa Dorotéia a instalação, em nossa Capital, de uma escola que seria regida por elas. Esse pedido foi reiterado por seu sucessor, Dom Frederico Benício de Souza Costa.

    Em atendimento à solicitação, chegaram a Manaus cinco freiras no dia 7 de outubro de 1910 – data que se tem como marco da fundação dessa instituição de ensino, cuja primeira superiora foi madre Maria das Dores Lyra.

    As religiosas e o Colégio foram instalados em duas casas na rua Dez de Julho, em frente ao hospital da Sociedade Beneficente Portuguesa. Permaneceriam nesse local de 10 de outubro de 1910 a 17 de abril de 1911, quando o Colégio foi transferido para um prédio pertencente à Diocese do Amazonas, na avenida Joaquim Nabuco, onde antes havia funcionado o Seminário Episcopal de São José. Naquela época, o Colégio oferecia os cursos infantil, primário e complementar.

    Em 1914, o prédio foi doado definitivamente às irmãs pelo arcebispo do Pará, Dom Santino Coutinho. Nesse mesmo ano, foi construído o edifício principal e, depois, erguida a capela em honra à Santa Paula Frassinetti. O internato iniciou em 1921 e, em dezembro do ano seguinte, essa escola formou sua primeira turma de alunas.

    A partir da década de 30, o Colégio Santa Dorotéia passou a oferecer cursos voltados para a área comercial: o de Auxiliar de Comércio e o de Guarda-Livros – este último que, em 1943, foi transformado no curso de Contabilidade e extinto seis anos depois. Em 1935, ano de comemoração das Bodas de Prata do Colégio, ele foi equiparado à então Escola Normal, atual IEA.

    Localizado, atualmente, na avenida Joaquim Nabuco, n. 1.097, esquina com a rua Huascar de Figueiredo, Centro, o Colégio Santa Dorotéia disponibiliza a Educação Infantil e os ensinos Fundamental e Médio.

    Imagem e texto retirados do livro Manaus, entre o passado e o presente do escritor Durango Duarte.

Fechar

Deixe uma resposta