São temas que, espontaneamente, surgem entre os integrantes e colaboradores do IDD que são provocados a pesquisar, produzir e finalmente gerar um conteúdo diferenciado.

Roteiro Amazônico – mergulho no desconhecido (1950)

Roteiro Amazônico - mergulho no desconhecido (1950)

O então repórter Jorge Ferreira e o fotógrafo Roberto Maia foram destacados pela Revista O Cruzeiro para se internarem na Amazônia. Passaram cerca de cinco meses buscando elementos, analisando, observando e comprovando tudo o que ocorria. Percorreram assim, mais de vinte mil quilômetros utilizando-se de todos os meios de transporte, de avião até os próprios pés. Registraram aspectos curiosos, penetraram a fundo o homem, a terra, a fauna e a flora amazônica. Um trabalho de sacrifício e padecimento, uma aventura amazônica. O repórter e o fotógrafo partem do Porto de Manaus a bordo do “Republicano”, um “batelão acreano tido como o melhor “gaiola” amazônico, rumo ao Acre. Em suma, a viagem é uma aventura sem par, com escalas em Guaporé, atual Rondônia, Amapá e Pará.

FONTE

Revista O Cruzeiro. Rio de Janeiro: Edição 39, 15 de julho de 1950.