São temas que, espontaneamente, surgem entre os integrantes e colaboradores do IDD que são provocados a pesquisar, produzir e finalmente gerar um conteúdo diferenciado.

Roteiro Amazônico – Injusta maldição

Roteiro Amazônico – Injusta maldição

Antes de tudo é mister a reabilitação dos seringais amazônicos perante a consciência nacional, de um pecado que lhes são indevida e propositadamente imputado: o da Batalha da Borracha. Costuma-se assim dizer, em todo o país, que mais de cem ou cento e cinquenta e mesmo duzentos mil nordestinos foram sacrificados nesse “tour de force” dos negros dias da última conflagração mundial. É mentira. Dessa forma, a Amazônia recebeu através da SEMTA – Serviço de Encaminhamento de Trabalhadores para a Amazônia cerca de 16.000 trabalhadores, entre recrutados e voluntários”. Em suma, para  os “arigós” as iniciais transformaram-se em “Serás Estropiado, Maltratado e Triturado na Amazônia”.

FONTE

Revista O Cruzeiro. Rio de Janeiro: Edição 42, 05 de agosto de 1950.