O gigante da avenida

A Cidade em Foto

[vc_row][vc_column][vc_images_carousel images=”3698″ img_size=”large”][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text]

Coluna A Cidade em Foto do Jornal A Gazeta de 09 de novembro de 1963.

O gigante da avenida.

A loja surgiu bem modesta, como disciplinava o figurino da época. Veio como loja do “nada além”, com título bem provinciano de “4.400”, ou o “Bazar das Novidades”. Instalou-se ali onde depois foi a Rianil, a Sul América construiu prédio novo, e o Banco do Brasil se encontra, agora, num provisório sem duração conhecida: Avenida Sete de Setembro com a Praça 15. Acompanhou o crescimento da cidade, participou de seus maus momentos. Foi feliz. Progrediu. Hoje está fazendo prédio novo, num dos pontos mais bonitos da cidade. Vai perdendo aos poucos o nome de “4.400”. Arranjou título pomposo de “Lojas Brasileiras de Preço Limitado”. Pelo tamanho do edifício, imagina-se o limite da loja. De preço, nada sabemos…

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VEJA MAIS