Garotinha se recusa cumprimentar presidente Figueiredo

Recusou Cumprimentar o Presidente Figueiredo

[vc_row][vc_column][vc_images_carousel images=”5175″ img_size=”large”][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text]

Rachel Clemens, a garotinha que recusou cumprimentar o Presidente Figueiredo, ela foi personagem mais marcante de repúdio ao governo militar no país na década de 70. Durante o almoço ocorrido em 5 de setembro de 1979 no Palácio da Liberdade em Belo Horizonte para o lançamento do carro a álcool, a garotinha se negou a cumprimentar o presidente João Baptista de Oliveira Figueiredo. A garotinha de cinco anos de idade mostrava a pureza da infância e se negou cumprimentá-lo ao saber que a ditadura era cruel e dura com as pessoas.

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]