Escravo de ganho

Escravo de ganho

[vc_row][vc_column][vc_images_carousel images=”1786″ img_size=”large”][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text]

Escravo de ganho na cidade do Rio de Janeiro (capital do império-1865). Era  o escravo conhecido como fornecedor, ou seja, que tinha a permissão de seus senhores para trabalhar, vender ou prestar serviços na rua. Em troca, o escravo negro africano tinha que dar uma porcentagem de seus lucros para seu proprietário.

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]