• Instituto Durango Duarte - Presos plantam sementes de juta
    • Amazonas
    • Coleções
    • Iconografia

    Presos plantam sementes de juta

    Por intermédio do diretor da Penitenciaria de Manaus, dr. Joaquim Marinho, foi cedido 20 detentos para que fizessem a semeadura no viveiro de sementes de juta e seringueiras, no Seringal Escola Gilberto Mestrinho, localizado no quilômetro 30 da BR17, atual BR174.

    Coletânea de curiosidades e fatos históricos ocorridos na década de 1960, publicados pela imprensa de Manaus.

    Fonte: A Crítica de 14 de janeiro de 1961.

Fechar

Deixe uma resposta