• Durango Duarte - Prédio da Kahn Polack no século XX
    • Iconografia
    • Manaus
    • Manaus, entre o passado e o presente

    Prédio da Kahn Polack no século XX

    Vista das esquinas das ruas da Instalação e Municipal, do início do século XX. À direita, o prédio da Kahn Polack, hoje, ocupado pelo Palace Hotel. À esquerda, a Casa 22 Paulista. Acervo: CCPA.

    O Palace Hotel localiza-se na avenida Sete de Setembro, n. 593, esquina com a rua da Instalação, Centro. De propriedade de Jaber e Abrahim Nadaf, sua inauguração ocorreu em 31 de janeiro de 1953, com quarenta apartamentos. Seu primeiro gerente foi Diaz Gobinez.

    Esse hotel foi instalado em um prédio quase centenário, onde funcionou, por um longo período, a extinta Casa Kahn Polack. Apesar do seu edifício ter sofrido algumas reformas e adaptações ao longo dos anos, seu estilo arquitetônico, com dezesseis portas em forma de arcos, no térreo, foi mantido.

    Em 2001, após a revitalização do centro antigo de Manaus, sua fachada foi recuperada por meio do Projeto Manaus Belle Époque, coordenado pela Secretaria de Estado da Cultura – SEC. O prédio pertence, hoje, ao Patrimônio Cultural de Manaus (Decreto Municipal 7.176, de 10 de fevereiro de 2004).

    Atualmente, o Palace oferece 68 leitos, distribuídos por 33 Unidades Habitacionais. Além da atividade hoteleira, esse prédio abriga, em seu térreo, uma financeira e algumas lojas.

    Imagem e texto retirados do livro Manaus, entre o passado e o presente do escritor Durango Duarte.

Fechar

Deixe uma resposta