O Porto de Manaus como porta da economia da Zona Franca (1974)

Em 15 de julho de 2016 às 07:00.

compartilhe

Em 1974, quando Manaus crescia 10% ao ano e contava com 144 projetos implantados e em processo de implantação, a revista O Cruzeiro apresenta reportagem mostrando o Porto de Manaus como porta da economia da Zona Franca; a participação da MODIESEL na construção de infraestruturas; da Companhia de Eletricidade de Manaus (CEM) e seu complexo energético; o pioneirismo da BRASILJUTA; a ESTANAVE como exemplo de livre empresa; a CCE como exportadora para a América do Sul e América Latina; o mundo exposto nas vitrines das Lojas Belmiro’s; A Icofilme e a Importadora Oliveira como ícones no mercado de óptica e som; o BEA como suporte financeiro da ZF; e, a loja Oriente, como o maior complexo lojista da ZFM.

FONTE

Revista O Cruzeiro. Rio de Janeiro: Edição 51, 12 de fevereiro de 1974.