• A Cidade em Foto
    • A Cidade em Foto
    • Iconografia
    • Manaus

    Nasceu Jesus lá em Belém

    Os presépios estão saindo da moda. E as pastorinhas também. Com a estrela, guia Anjo Gabriel. A mestra e a contra-mestra. Cigana pedindo esmolas, floristas vendendo flores. “Como é vergonhoso para um cidadão que vem para a pastora e não traz nenhum tostão”. As disputas do cordão azul e do cordão encarnado. Mas isto eram as “Pastorinhas” com suas lapinhas obrigatórias. Os presépios se espalham pela cidade. O “Maravilha”, do saudoso Branco e Silva. Os particulares, no centro e nos subúrbios. E o da Penitenciária. Que pela primeira vez apareceu 1942, organizado por Macario Serra da Silva, com a colaboração dos detentos, quando era diretor do presídio o capitão Pedro Ferreira de Souza. Várias pessoas contribuíram para sua organização, com doação de imagens e os apetrechos necessários à sua feitura. Em 1954, 1961 e 1962 o presépio não foi armado. A deficiência de corrente elétrica não permitiu, pois todas as figuras são móveis, à base da eletricidade. Este ano, com ajuda do atual diretor, dr. Ribamar Coelho, o guarda Macário novamente preparou o presépio, onde, com sua arte, tenta reproduzir, de acordo com sua imaginação, a Belém da Judéia, onde nasceu Jesus.

    Coluna A Cidade em Foto do Jornal A Gazeta de 24 de dezembro de 1963.

Fechar

Deixe uma resposta