Na Zona Franca de Manaus o Porto é livre (1968)

Em 1 de julho de 2016 às 07:00.

compartilhe

Dois meses e seis dias após o Poder Executivo baixar o Decreto-Lei N.º 288 de 28 de fevereiro, que regula a Zona Franca de Manaus, O Cruzeiro publica ampla reportagem sob o título “Na Zona Franca de Manaus o Porto é livre”. Nela informa aos leitores o perímetro da área de livre comércio de importação e exportação e incentivos especiais, além da finalidade de se criar no interior da Amazônia um centro industrial, comercial e agropecuário. Aborda, ainda, as queixas de comerciantes, trabalhadores e indústria, com a SUFRAMA.

Fonte

Revista O Cruzeiro. Rio de Janeiro: Edição 20, 18 de maio de 1968.