• A Cidade em Foto
    • A Cidade em Foto
    • Iconografia
    • Manaus

    Morar embaixo da ponte tem suas vantagens

    Coluna A Cidade em Foto do Jornal A Gazeta de 18 de janeiro de 1964.

    Antigamente era endereço de quem não tinha residência. Onde você mora? E o malandro respondia: debaixo da ponte. Mas vieram outros tempos e outras épocas, os flutuantes foram chegando à cidade grande, invadindo seus igarapés e alcançando a “Terceira Ponte” ou a “Ponte de Ferro”, cujo nome oficial é “Benjamin Constante” ligando a cidade ao bairro da Cachoeirinha, sobre o Igarapé do Mestre Chico, com ramificação para o Educandos sob a “Ponte de Ferro” o abrigo é mais seguro e com a extinção dos bondes terminou aquela barulheira infernal. A sacudidela continua, e dizem os entendidos, faz parte do equilíbrio. Enquanto ela sacudir não cai. Mas residência da foto não é flutuante. É casa mesmo, com esteio enterrado no chão, nada de boias, com saídas para a General Glicério, ou mesmo para a Avenida Sete. Bem perto do mercadinho da Cachoeirinha. Não paga imposto predial, nem taxa de saúva e contra incêndio. Quando o rio subir, se a cheia for grande, ela vai virar submarino. E será gozado o sujeito dizer que mora debaixo d’água.

Fechar

Deixe uma resposta