• Durango Duarte - Monumento (modificado) a Bruno de Menezes
    • Iconografia
    • Manaus
    • Manaus, entre o passado e o presente

    Monumento (modificado) a Bruno de Menezes

    Monumento modificado, na praça Heliodoro Balbi. À esquerda, edifício do então Comando-Geral da Polícia Militar. Acervo: A Crítica.

    O poeta paraense Bento Bruno de Menezes também foi homenageado com a construção de um monumento: uma escultura do seu rosto, realizada por Afrânio de Castro, a pedido do Clube da Madrugada, e instalada na praça Heliodoro Balbi (da Polícia), em 1968.

    Na reforma desse logradouro ocorrida em 1986, o marco perdeu suas características originais. Após ter sido restaurada pela Secretaria de Estado da Cultura – SEC em 2007, a escultura foi transferida para o Centro Cultural Povos da Amazônia – CCPA, situado na praça Francisco Pereira da Silva, também conhecida, popularmente, como Bola da Suframa, no bairro Crespo. Nos dias de hoje, encontra-se reinstalada em seu local de origem: praça Heliodoro Balbi.

    Imagem e texto retirados do livro Manaus, entre o passado e o presente do escritor Durango Duarte.

Fechar

Deixe uma resposta