• A Gazeta
    • A Cidade em Foto
    • Iconografia
    • Manaus

    Há mais de quatrocentos anos um confrade já dizia

    Coluna A Cidade em Foto do Jornal A Gazeta de 21 de março de 1964.

    Não é para admiração, pois acontece neste pedaço do Brasil, do qual Pero Vaz de Caminha, já proclamava que “em se plantando nela, tudo dá”. Em outro qualquer lugar do universo, sob regime ditatorial ou na mais legitima das democracias, com reforma agrária ou sem ela, seriam tiradas milhares de fotos, de frente e de perfil, ou até de cabeça pra baixo, com legendas em prosa e verso, traduzidas para vários idiomas, mostrando a beleza e o capricho da Natureza. Mas nesta heróica cidade de Manaus o fato passa desapercebido. Menos para o jornalista Rogaciano Leite, muito melhor que o outro confrade já anunciado, no descrever as coisas e as gentes desta idolatrada Pátria, Salve, Salve! E Rogaciano, que também é poeta, passou pela Primeira Ponte e viu esta maravilha: um mamoeiro, já adulto, plantado ali no muro de arrimo, dando uma volta no caule para ficar bem empinado e sobranceiro, que mamoeiro que se preza sempre procura os céus. Não distraiam as vistas olhando para o resto da paisagem. Admirem bem o mamoeiro e concordem que tinha razão o sujeito que chamou este país de essencialmente agrícola.

Fechar

Deixe uma resposta