• Durango Duarte - Colégio Nossa Senhora Auxiliadora, década de 1970
    • Iconografia
    • Manaus
    • Manaus, entre o passado e o presente

    Colégio Nossa Senhora Auxiliadora, década de 1970

    Vista do prédio da escola, com as alunas no pátio frontal. Década de 70. Acervo: Moacir Andrade.

    A criação do Colégio Nossa Senhora Auxiliadora inicia em 1930 quando, em 26 de fevereiro desse ano, chegaram, a nossa Cidade, oriundas do Estado de São Paulo, nove irmãs da Congregação das Filhas de Maria Auxiliadora, para fundarem em Manaus, em Yauaretê – distrito do município de São Gabriel da Cachoeira/AM – e em Porto Velho/RO as obras salesianas, solicitação feita pelo bispo diocesano Dom Basílio Pereira.

    Para abrigar as religiosas e receber a instalação da escola – cuja primeira diretora foi irmã Anna Masera – preparou-se uma casa, situada em uma chácara na rua Silva Ramos. O ato oficial de criação desse Colégio – que, até 1944, funcionou como departamento feminino do Colégio Dom Bosco – ocorreu em 19 de março de 1930, quando Dom Pedro Massa celebrou uma missa em uma capela improvisada na residência das irmãs.

    Quatro dias após sua fundação, a primeira atividade realizada no Colégio foi a abertura do Oratório Festivo, com a participação de trezentas meninas. As aulas primárias, com 130 alunas, foram iniciadas em 2 de maio daquele mesmo ano. O curso Comercial e a Escola Doméstica passaram a ser oferecidos em 1933 e ambos foram extintos em 1945.

    O curso ginasial teve início em 1934, mesmo ano em que ocorreu o lançamento da pedra fundamental do prédio próprio do Colégio, construído com três andares.

    Contudo, as obras da nova sede foram iniciadas somente em 16 de agosto de 1935 e estenderam-se até a década de 60. O curso para formação de professores primários foi oferecido a partir de 1939. Nove anos depois, iniciou-se o Colegial.

    Em 1994, o Colégio Auxiliadora passou a oferecer vagas para estudantes do sexo masculino. Seu endereço atual é rua Silva Ramos, n. 833, Centro, e disponibiliza, nos dias de hoje, a Educação Infantil, o Ensino Fundamental e o Ensino Médio.

    Imagem e texto retirados do livro Manaus, entre o passado e o presente do escritor Durango Duarte.

Fechar

Deixe uma resposta