As duas caras da Amazônia (1957)

Em 16 de setembro de 2016 às 07:00.

compartilhe

A Amazônia tem duas caras distintas: a da cheia e a da vazante. A cheia é um dilúvio, quando surgem paranás, furos e igapós, quando o gado espera, faminto as águas descerem. É na vazante é mais recreativa, mais turística, com as praias descobertas, os lagos cobertos de vitórias-régias. A reportagem mostra, ainda, a Miss Brasil e quase Universo Terezinha Morango remando no Rio Solimões e a estrada, em fase de construção, que ligará Manaus a Itacoatiara.

FONTE

Revista O Cruzeiro. Rio de Janeiro: Edição 16, 31 de agosto de 1957.