52ª SEMANA – DEZEMBRO DE 1969

compartilhe

24 DE DEZEMBRO – QUARTA-FEIRA

• Reinauguração da Ponte Benjamin Constant, também chamada de Terceira Ponte, na Cachoeirinha. “Na sua restauração, realizada sob a responsabilidade do DER-AM, a celebrada ponte consumiu quase dois bilhões de cruzeiros antigos, sendo praticamente novas todas as suas peças metálicas”. (Jornal do Comércio, de 24 de dezembro de 1969, capa)

• A jornalista Baby Castro e Costa, cronista social de “O Jornal”, da coluna “Sempre às Quintas”, é pedida em casamento por Heron Rizzato, programador da TV Ajuricaba. O pedido foi feito na residência da família, na rua Luiz Antony. (O Jornal, de 24 de dezembro de 1969, p.3)

25 DE DEZEMBRO – QUINTA-FEIRA

• Lançamento oficial do disco longa-duração “O Canto da Amazônia”, no Auditório Alberto Rangel, gravado no Museu da Imagem e do Som (GB), por Maria Lúcia Godoy, cantora de prestígio internacional e merecidamente considerada a mais bela voz do Brasil. “Esse disco, que reúne, seguramente, as mais belas páginas da alma amazônica, através de seus mais altos compositores, como Cláudio Santoro, Waldemar Henrique, Arnaldo Rebello, Guerra Peixe, Pedro Amorim, além de Villa-Lobos e Aloisio de Alencar Pinto, já se encontra à venda nas livrarias e casas de disco de Manaus, desde 22 do corrente mês”. (Jornal do Comércio, de 25 de dezembro de 1969, p.8)

26 DE DEZEMBRO – SEXTA-FEIRA

• O atleta Luiz Ferreira da Silva, da Polícia Militar do Estado, vence a Prova Preliminar da Corrida Internacional de “São Silvestre”, destinada a escolher o representante do Amazonas na maior competição pedestre do mundo, a ser disputada em São Paulo, na noite de 31 de dezembro. (O Jornal, de 27 de dezembro de 1969, p.12)

27 DE DEZEMBRO – SÁBADO

• Aniversário de Paulo Pinto Nery, prefeito de Manaus. (O Jornal, de 27 de dezembro de 1969, p.3)

• Inauguração do Bar e Restaurante “Broadway”, de propriedade do sr. Isaac J. Pazuelo, localizado na avenida Ajuricaba, esquina com a Carvalho Leal. (Jornal do Comércio, de 27 de dezembro de 1969, p.8)

• Almoço de confraternização do Sindicato dos Jornalistas Profissionais, no Hotel Amazonas, com a entrega de diplomas aos melhores do ano: o prefeito Paulo Pinto Nery, como o “Homenageado do Ano”; Arlindo Porto, como “Jornalista do Ano”, e Sadia Hauache, como “Mérito do Jornalismo”. Na oportunidade, a cronista social Ana Maria recebeu a faixa de “Miss Imprensa de 1969/70”. (Jornal do Comércio, de 27 de dezembro de 1969, p.8)

• O acadêmico Djalma Batista é reeleito, por unanimidade, presidente da Academia Amazonense de Letras. (Jornal do Comércio, de 30 de dezembro de 1969, p.8)

• Os conselheiros Hiperion Peixoto de Azevedo e Álvaro Bandeira de Melo são eleitos, respectivamente, presidente e vice do Tribunal de Contas do Estado. (O Jornal, de 28 de dezembro de 1969, p.3)

• A coluna “Jornal da Betina” publica caderno especial com “As 13 Senhoras Mais Elegantes de Manaus de 69”, selecionadas pela própria cronista. São elas: Mary Sabbá Benchimol, Floripes (Flor) Fonseca Neves, Dirce Affonso de Souza, Maria Helena Venâncio da Cruz, Zélia Oliveira Hebron, Esther Israel Kaifmann, Inês Maria Lira Benzecry, Margarida (Magot) Couto Cordeiro, Áurea Pinheiro Braga, Maria Elena Couto Cunha, Mundita Furtado Xavier de Albuquerque, Cynira de Souza Trigueiro e Jória Tapajós Said. (O Jornal, de 28 de dezembro de 1969, encarte)

• A Escola de Serviço Social André Araújo realiza cerimônia de colação de grau e coquetel de formatura dos novos assistentes sociais, no Teatro Amazonas. A turma tem como patrono o desembargador André Vidal de Araújo e paraninfa, a assistente social Maria Eleonora Paula Péres Pessoa. A oradora oficial é Maria do Perpétuo Socorro Pugga Ferreira. (O Jornal, de 25 de dezembro de 1969, p.5)

28 DE DEZEMBRO – DOMINGO

• A Faculdade de Farmácia e Odontologia da Universidade do Amazonas realiza baile de formatura da sua primeira turma, no Atlético Rio Negro Clube. O patrono é o reitor Jauary Guimarães de Souza Marinho e o paraninfo, o professor Manuel Bastos Lira, diretor da Faculdade. Os bacharelandos são Adelson de Souza Lima, Adelmar de Araújo Lima, Antônio Orlando, Orthemisa Octávio Costa (oradora), Raimundo Paulo de Paiva e Waldemar de Oliveira Marques. (O Jornal, de 25 de dezembro de 1969, p.4)

• O Colégio Comercial “Solon de Lucena” realiza, no Teatro Amazonas, a cerimônia de colação de grau de 65 novos contadores, da turma denominada “Sandra Silva Silvestre” e cujo patrono é o titular da Secretaria de Educação e Cultura, professor Vinícius Câmara. (Jornal do Comércio, de 28 de dezembro de 1969, p.8)

29 DE DEZEMBRO – SEGUNDA-FEIRA

• A firma paulista Companhia Amazonense de Cereais – Armazéns Gerais – CAMAGE S.A. assina contrato com a Secretaria de Produção, na Procuradoria Fiscal, para realizar a operação e exploração da usina de beneficiamento de cereais, construída pelo governo do estado no local onde funcionou o antigo depósito de pólvora da capital, nas imediações do igarapé do São Raimundo. “O ato foi presidido pelo sr. Hugo Bezerra Brandt e o diretor da firma COMAGE que, a partir de amanhã iniciará as atividades de beneficiamento de arroz para suprir as necessidades do Estado”. (A Notícia, de 30 de dezembro de 1969, p.5)

• O presidente do Conselho Nacional de Pesquisas, Antônio Moreira Couceiro, assina contrato com a firma Irmãos Prata para a construção da primeira etapa da sede do Inpa. (Jornal do Comércio, de 1º de janeiro de 1970, p.8)

• O governador Danilo Areosa entrega a “Medalha Cidade de Manaus” a diversas personalidades civis, militares e eclesiásticas, no Salão Nobre do Palácio Rio Negro. Dentre os agraciados, o secretário de educação, dr. Antônio Vinícius da Câmara; o professor Mário Ypiranga Monteiro, intelectual folclorista e educador, e o industrial Sócrates Bomfim, presidente da Siderama. (O Jornal, de 1º de janeiro de 1970, p.5)

• O professor Ruy Alencar é reeleito presidente do Instituto Cultural Brasil-Estados Unidos (ICBEU). (O Jornal, de 31 de dezembro de 1969, p.2)

• Flaviano Limongi reassume a presidência da Federação Amazonense de Futebol (FAF). (O Jornal, de 30 de dezembro de 1969, p.12)

• Festa de formatura da turma do NPOR/1969, no Atlético Rio Negro Clube. (A Notícia, de 28 de dezembro de 1969, p.6)

30 DE DEZEMBRO – TERÇA-FEIRA

• Aniversário do jornalista Joaquim Antônio da Rocha Andrade, mais conhecido como “Jara”. (A Notícia, de 30 de dezembro de 1969, p.10)

• Comemoração das “Bodas de Prata” do prefeito de Manaus, Paulo Pinto Nery, com sua esposa Maria de Souza Marinho Nery. (A Notícia, de 30 de dezembro de 1969, p.6)

• A Rádio Baré inicia a apresentação da novela “O Vencido”. (Jornal do Comércio, de 28 de dezembro de 1969, p.8)

•  A Federação Amazonense de Futebol (FAF) realiza festa de confraternização com clubes e imprensa, num jantar realizado na sede do Nacional Fast Clube, no Boulevard Amazonas. (O Jornal, de 30 de dezembro de 1969, p.12)

• Baile de formatura da turma de professorandos de 1969 do Instituto de Educação do Amazonas (IEA), na sede do Atlético Rio Negro Clube. (A Notícia, de 21 de dezembro de 1969, p.6)

• Cerimônia de colação de grau, no Teatro Amazonas, dos concludentes de Filosofia, Pedagogia, Letras, Matemática, Química e Ciências, da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade do Amazonas. A turma foi denominada “André Araújo” e tem como patrono o professor doutor Jauary de Souza Marinho, reitor da Universidade do Amazonas, e paraninfo, o professor Josef Anton Dolner. (Jornal do Comércio, de 30 de dezembro de 1969, p.8)

31 DE DEZEMBRO – QUARTA-FEIRA

• Aniversário do comerciante Manuel Costa Reis, diretor-presidente da Eletro Ferro Construções S.A. e diretor patrimonial do Atlético Rio Negro Clube. (Jornal do Comércio, de 31 de dezembro de 1969, p.3)

• Inauguração da ponte construída pela Prefeitura de Manaus sobre o igarapé do Crespo. (O Jornal, de 31 de dezembro de 1969, p.5)

• Lançamento do livro “Flashes da Nossa História”, do jornalista Fernando Collyer, na Associação Amazonense de Imprensa. (Jornal do Comércio, de 30 de dezembro de 1969, p.8)

• Cerimônia de posse do desembargador Sady Paiva como presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas, no Palácio Clóvis Beviláqua. (Jornal do Comércio, de 31 de dezembro de 1969, p.8)

• O governador Danilo Areosa faz prestação de contas das atividades do governo em 1969, através da rede amazonense de emissoras de radiodifusão. “O chefe do Executivo amazonense, ao transmitir a sua Mensagem ao povo, o fará consciente de haver cumprido com o seu dever, de haver realizado, nestes últimos 365 dias, um trabalho administrativo voltado unicamente aos verdadeiros interesses e anseios do povo do Amazonas”. (Jornal do Comércio, de 31 de dezembro de 1969, p.8)

• Cheik Clube, União Esportiva Portuguesa e Acácia Clube realizam festa de Réveillon em suas sedes, com muito carnaval após a meia-noite. (Jornal do Comércio, de 31 de dezembro de 1969, p.2)

• A colônia goiana radicada em Manaus realiza confraternização dos seus conterrâneos, no Atlético Rio Negro Clube, evento coordenado por Emival Oliveira e com show musical de “Os Diplomatas”. (A Notícia, de 30 de dezembro de 1969, p.5)