47ª SEMANA – NOVEMBRO DE 1969

compartilhe

19 DE NOVEMBRO – QUARTA-FEIRA

• O Comando Militar da Amazônia organiza concentração escolar-militar no estádio General Osório, em comemoração do “Dia da Bandeira”. Apresentação de representações estudantis, tropas do Exército, Marinha, Aeronáutica e também da Polícia Militar do Estado. (A Crítica, de 15 de novembro de 1969, p.3)

• A Banda de Fuzileiros Navais da Marinha dos Estados Unidos se apresenta no Teatro Amazonas, com patrocínio do Instituto Cultural Brasil-Estados Unidos (Icbeu) e do Depro. (O Jornal, de 18 de novembro de 1969, p.5)

• O governador Danilo Areosa designa o sr. José Ribeiro Soares para proceder a fundação da Companhia de Saneamento do Amazonas (Cosama). Soares é presidente da Junta Comercial do Amazonas, 1º Vice-Presidente da Federação do Comércio do Amazonas e membro do Conselho Estadual de Águas e Esgotos. (O Jornal, de 20 de novembro de 1969, p.5)

20 DE NOVEMBRO – QUINTA-FEIRA

• Aniversário de Josué Cláudio de Souza, fundador da Rádio Difusora do Amazonas. (A Crítica, de 21 de novembro de 1969, p.9)

• Aniversário de 15 anos de existência do Centro Educacional Christus do Amazonas. (O Jornal, de 22 de novembro de 1969, capa)

• O auditório Alberto Rangel, da Biblioteca Pública do Estado, recebe a instalação do Cineclube do Serviço de Cinema da Fundação Cultural do Amazonas. O filme de estreia é “As Virgens de Salem”, estrelado por Ives Montand, Simone Signoret e Milene Demongeot. A supervisão do cineclube é de José Gaspar. (O Jornal, de 20 de novembro de 1969, p.5)

• Solenidade de posse da primeira diretoria da Associação dos Magistrados e Servidores do Judiciário Amazonense (AMSJA). O presidente eleito foi o desembargador Mário Verçosa. (O Jornal, de 14 de novembro de 1969, p.3)

• Inauguração da Churrascaria e Pizzaria Kavako, na avenida Sete de Setembro, n. 987. (A Crítica, de 20 de novembro de 1969, p.8)

• Os alunos do 3º ano de Medicina promovem a avant-première do filme “O Ópio Também é uma Flor”, no Cine Ipiranga. (O Jornal, de 9 de novembro de 1969, p.3)

21 DE NOVEMBRO – SEXTA-FEIRA

• Aniversário do jornalista Vicente Limongi Neto. (A Crítica, de 21 de novembro de 1969, p.9)

• Lançamento da pedra fundamental da nova sede do Centro Educacional Christus do Amazonas, localizada na avenida Joaquim Nabuco, junto à Legião Brasileira de Assistência (LBA). O projeto é de autoria do arquiteto Severiano Porto. (O Jornal, de 20 de novembro de 1969, p.5)

• Miriam Maia é eleita a Miss Capital Internacional da Amazônia 69, no tradicional baile “Noite das Personalidades” promovido pelo colunista Nogar, do Jornal do Comércio. O evento foi realizado no Salão dos Espelhos do Atlético Rio Negro Clube. (Jornal do Comércio, de 26 de novembro de 1969, p.3)

22 DE NOVEMBRO – SÁBADO

• A Rádio Difusora inicia as comemorações do seu aniversário, com shows de José Augusto, Ciro Aguiar e Leno, no Cine Ipiranga. (A Crítica, de 20 de novembro de 1969, p.9)

• Aniversário de 15 anos do “Clube da Madrugada”, fundado em 22 de novembro de 1954 por um grupo de jovens idealistas – escritores, poetas, artistas, economistas e sociólogos. (A Crítica, de 22 de novembro de 1969, p.5)

• Terezinha de Jesus Corrêa, do América Futebol Clube, vence o concurso “Garota Biquíni 69”, realizado no Atlético Rio Negro Clube, numa promoção do colunista social Epami, do jornal A Notícia. A ganhadora recebeu uma viagem à Cartagena, oferecida pela Avianca, e mais NCR$ 500,00. (A Crítica, de 24 de novembro de 1969, p.9)

• A Escola Woodstock de Manaus realiza formatura de 25 alunos de datilografia, correspondência comercial e taquigrafia, na sede do Nacional Futebol Clube. A diretora da escola é a senhora Ruth Jobim. (A Notícia, de 14 de novembro de 1969, p.5)

• Cecília Alvarez foi escolhida a “Acácia Dourada”, o equivalente ao Miss Ideal, em festa realizada pelo Ideal Clube na Moranguinho. (A Crítica, de 24 de novembro de 1969, p.9)

• Colação de Grau das professoras de 1969 formadas pelo Colégio Santa Doroteia. A turma levou o nome “Irmã Maria Therezinha de Lima” e era composta das seguintes concludentes: Alexandrina Fernanda Pintilhão Orofino, Ana Maria Araújo Cabral, Ana Maria Botinelly Cunha e Silva, Ana Regina Vieira da Rocha, Anete Pedroza Castelo Branco, Bernadete Alvarez Monteiro, Carmen Nóvoa Ramos, Célia de Paula Simões, Darcy Etelvina de Souza Lima, Graça Maria Michiles dos Santos, Helyde Costa Rêgo de Albuquerque, Lucíola Inês Dutra Pessôa, Luriki Lucila Suguiyama, Maria Adelaide Moura Pereira da Silva, Maria Auxiliadora Frazão Desideri, Maria Christina de Castro Lima, Maria d’Assunção da Costa Pinheiro, Maria Evangelina Corrêa Siqueira, Maria Francisca Corrêa Siqueira, Maria das Graças Arruda de Campos, Maria da Graças Bandeira dos Santos, Maria de Nazaré Souza, Maria da Glória Corrêa Nobre, Maria Luzia Monteiro Araújo Ferreira, Maria Regina Machado Seffair, Norma de Paula Simões, Regina Maria de Medeiros Vieira, Rita de Cassia Botinelly Cunha e Silva, Silena Martins Ribeiro, Sônia Maria da Silva Bezerra e Weymarina Antônia Ribeiro Normando. (A Notícia, de 27 de novembro de 1969, p.6)

23 DE NOVEMBRO – DOMINGO

• Morre no Rio de Janeiro (GB) o senhor Arthur Bentes Michilles, ex-subgerente do Banco do Brasil e que exerceu as mais variadas funções de administração e chefia ao longo de 30 anos na Agência de Manaus. (A Crítica, de 26 de novembro de 1969, capa)

24 DE NOVEMBRO – SEGUNDA-FEIRA

• Aniversário de 21 anos da Rádio Difusora do Amazonas. (O Jornal, de 12 de novembro de 1969, p.3)

• Reabertura da Loja A Pernambucana, na rua Marechal Deodoro, esquina com Quintino Bocaiuva. “Os dirigentes da popular organização decidiram dar às crianças pobres o montante que seria gasto com bebidas e salgadinhos, marcando como parte da solenidade de reabertura da Loja a entrega de donativos no valor de 5 mil cruzeiros novos para a Casa da Criança e o Educandário Gustavo Capanema”. (A Crítica, de 22 de novembro de 1969, p.5)

• Um helicóptero da Força Aérea Venezuelana (FAV), servindo aos trabalhos da Comissão Mista Demarcadora de Fronteiras Brasil-Venezuela, caiu no rio Negro durante voo de reabastecimento. O médico da comissão e um sargento mecânico, ambos venezuelanos, morreram no acidente. O piloto e o copiloto, militares da FAV, foram resgatados com vida por elementos de uma lancha de patrulha do Destacamento de Cucuí que se encontrava nas imediações do local do acidente. (Jornal do Comércio, de 26 de novembro de 1969, capa)

25 DE NOVEMBRO – TERÇA-FEIRA

• Paulo Pinto Nery completa quatro anos de administração à frente da Prefeitura de Manaus. (O Jornal, de 11 de novembro de 1969, p.5)

• O coronel José Alípio de Carvalho toma posse como Diretor da Caixa Econômica Federal do Amazonas. (A Crítica, de 26 de novembro de 1969, p.3)

• O general Rodrigo Octávio Jordão Ramos é promovido a general-de-Exército, ponto mais alto da carreira militar no Brasil. (Jornal do Comércio, de 26 de novembro de 1969, capa)

• O presidente Garrastazu Médici designa o general de divisão José Nogueira Paes como novo comandante do Comando Militar da Amazônia e 12ª Região Militar, em substituição ao general Rodrigo Octávio, que passará a chefiar o Departamento de Produção e Obras do Exército. (A Crítica, de 26 de novembro de 1969, capa)

• Em sessão solene ocorrida no restaurante “Bosque d’El Torito”, a Sociedade Amazonense de Pediatria concedeu o título de Especialista em Pediatria aos médicos Terezinha de Jesus de Melo Cavalcante, Consuelo Rodrigues, Deodato de Miranda Leão, Gilson Moreira e Agostinho Barbosa. (A Notícia, de 26 de novembro de 1969, p.5)