30ª SEMANA – JULHO DE 1969

compartilhe

23 DE JULHO – QUARTA-FEIRA

• Aniversário de 20 anos de existência da Casa do Gazeteiro – Associação Profissional dos Vendedores de Jornais e Revistas de Manaus, com sede social na rua Major Gabriel, n. 763 e cujo presidente era Francisco Galdino dos Santos. (Jornal do Comércio, de 23 de julho de 1969, p.2)

• Diário Oficial publica o Edital de Concorrência Pública para a construção da primeira etapa do novo Quartel da Polícia Militar, no bairro Petrópolis. (O Jornal, de 30 de julho de 1969, p.3)

24 DE JULHO – QUINTA-FEIRA

• Aniversário do governador Danilo Duarte de Mattos Areosa. (Jornal do Comércio, de 25 de julho de 1969, p.8)

• Na data em que a tripulação norte-americana retornou à Terra após o feito histórico de ter ido à Lua, o governador em exercício, Ruy Araújo, e o prefeito Paulo Pinto Nery decretam ponto facultativo nas repartições públicas, em homenagem aos astronautas Neil Armstrong, Buzz Aldrin e Michael Collins. (Jornal do Comércio, de 24 de julho de 1969, capa)

25 DE JULHO – SEXTA-FEIRA

• Waldemar Batista de Salles toma posse na Academia Amazonense de Letras. (A Crítica, de 20 de julho de 1969, p.7)

• Início da “2ª Reunião do Subcomitê Viário Panamazônico”, no auditório do 1º Distrito Rodoviário Federal, evento promovido pela Organização dos Estados Americanos (OEA) e com a participação de seis países da área amazônica: Brasil, Bolívia, Colômbia, Equador, Peru e Venezuela. (A Crítica, de 25 de julho de 1969, p.3)

26 DE JULHO – SÁBADO

• Falecimento de Ruy Araújo, vice-governador e presidente da Assembleia Legislativa, vítima de um colapso cardíaco. (Jornal do Comércio, de 27 de julho de 1969, capa)

27 DE JULHO – DOMINGO

• Realização de “Sarau Dançante” no clube Oberon, no bairro da Glória, em homenagem ao desportista Almerino Arteiro. (A Notícia, de 27 de julho de 1969, p.5)

• Restaurante Chapéu de Palha realiza concurso para escolher as melhores manchetes de jornal alusivas à viagem da Apolo 11 à Lua. (A Notícia, de 27 de julho de 1969, p.5)

28 DE JULHO – SEGUNDA-FEIRA

• Aniversário de três anos do Monte Líbano Esporte Clube, fundado na rua Emílio Moreira, n. 308, na residência do sírio Hussein Ali Bawab. Os cofundadores foram Cláudio Parente, os irmãos Orlando, Alberto e João Melo, Cláudio Pinduca, Paulo Porto, Renato Aguiar, Onias Bento Neto e Jandir Porto. “O nome do clube foi dado em homenagem à longínqua pátria de Hussein e foram escolhidas as cores verde e branca para identificarem o Monte Líbano”. (A Notícia, de 13 de julho de 1969, p.4)

• O reitor da Universidade do Amazonas, Jauary Marinho, empossa a nova diretoria da Associação Nacional dos Professores de Administração Escolar (Anpae), sendo reeleito o professor Antônio Pinto Phiton como presidente, e, na função de representante do Norte, o professor Orígenes Angelitino Martins. (A Crítica, de 29 de julho de 1969, p.5)

29 DE JULHO – TERÇA-FEIRA

• Posse dos novos dirigentes do Grêmio Cultural e Recreativo Lopes Gonçalves: Flávio Tomé Seabra, José Martins Pinto e Paulo Roberto Viegas da Costa. (A Crítica, de 28 de julho de 1969, p.5)

Por Durango Duarte.

Clique aqui e leia a série 50 anos (1969-2019).

sobre o autor

Articulista-Durango-Duarte Durango Duarte é empresário, publicitário, escritor e pesquisador. É Diretor-Presidente do Instituto Durango Duarte e CEO das empresas #PESQUISA365 e The Voice. Nasceu em 11 de novembro de 1963, em Cachoeira do Sul/RS e veio com a família à capital amazonense em fevereiro de 1975. Apaixonado pela história, pelas memórias de Manaus.