21ª semana de 1969

compartilhe

21 DE MAIO – QUARTA-FEIRA

• Um disco-voador de 15 metros de diâmetro sobrevoa os céus do Centro da cidade de Manaus, à noite. “Surgiu sobre o cine Guarani, deu duas piruetas, fez um volteio gracioso e desabalou na direção da avenida Getúlio Vargas, desaparecendo no Alto de Nazaré”. As testemunhas oculares do fato foram alunos do curso de Administração e alguns professores, entre os quais Luís Humberto Rosas, Gonzaga e Feitosa Alencar. (A Crítica, de 23 de maio de 1969, capa)

22 DE MAIO – QUINTA-FEIRA

• A Divisão de Serviço Social do Sesi concede o diploma de “Operário Eficiente”. O evento ocorreu no auditório do Senai e fez parte das comemorações da Semana da Indústria. (Jornal do Comércio, de 17 de maio de 1969, p.8)

24 DE MAIO – SÁBADO

• Início da terceira edição dos “Jogos Universitários do Amazonas”, competição promovida pela Federação Amazonense Universitária de Desportos (Faud) e com a colaboração da reitoria da Universidade do Amazonas. As modalidades disputadas foram futebol de salão, basquetebol, voleibol, futebol de campo, tênis de mesa e xadrez, além de competições de natação e atletismo. (Jornal do Comércio, de 20 de maio de 1969, p.4)

• O presidente da Companhia Brasileira de Fiação e Tecelagem de Juta (Brasiljuta), João Lúcio de Souza Coelho, recebe o diploma de “Industrial do Ano”, prêmio concedido pela Federação das Indústrias do Amazonas (Fieam), no jantar de encerramento da “Semana da Indústria”. A solenidade de entrega do diploma ocorreu no Atlético Rio Negro Clube. (O Jornal, de 22 de maio de 1969, p.5)

• Instalação do Curso de Telecomunicações, na Escola Industrial Salesiana, à rua Visconde de Porto Alegre, “organizado pela Sudam para a Amazônia, visando à formação de técnicos do nível médio, para operar no sistema de telecomunicações, ora em fase de implantações na Amazônia”. (A Crítica, de 24 de maio de 1969, p.5)

• Os finalistas do Curso Técnico do Colégio Brasileiro promovem festa no Salão dos Espelhos do Atlético Rio Negro Clube, com a participação do conjunto “Os Aristocratas”. (Jornal do Comércio, de 17 de maio de 1969, p.2)

25 DE MAIO – DOMINGO

• O Atlético Rio Negro Clube realiza em seu Salão dos Espelhos a “Festa das Rosas Vermelhas”, sendo escolhida a candidata Irna Carvalho Leal. Também participaram do concurso as senhoritas Vera Lúcia Coelho, Lamirse e Nádia Nasser, Laís Garcia, Mary Israel, Laura Costa e Lígia Paes (A Crítica, de 27 de maio de 1969, p.11)

• O Grêmio Social e Recreativo de Educandos promove a “Festa das Rosas” para escolher a “Rosa de Maio Gremista”, com a participação do conjunto musical “The Good Boys”. (O Jornal, de 22 de maio de 1969, p.3)

26 DE MAIO – SEGUNDA-FEIRA

• O secretário estadual de Produção, Hugo Brandt, envia ao governador Danilo Areosa decreto de desapropriação de uma área de terras situada no Km 7 da Estrada do Aleixo, em favor do Serviço Social da Indústria (Sesi), para a construção de um magnífico clube para os trabalhadores da indústria. (O Jornal, de 24 de maio de 1969, p.5)

27 DE MAIO – TERÇA-FEIRA

• Inauguração da agência local do Banco Nacional de Habitação (BNH), na rua Guilherme Moreira, em frente aos escritórios do Agente da Varig. (O Jornal, de 17 de maio de 1969, p.5)

• O Banco Nacional de Habitação (BNH) e a Superintendência do Desenvolvimento Econômico da Amazônia (Sudam) firmam contratos relacionados com financiamentos para as obras do novo sistema de abastecimento d’água de Manaus. (A Crítica, de 27 de maio de 1969, p.4)

• Inauguração da Associação de Empréstimo e Poupança (Amazon-Lar), presidida por Luís Maximino Corrêa. O quadro de sócios-fundadores era composto dos senhores Antônio Cândido de Azambuja, Carlos Alberto Vieira, Carlos Fernando de Carvalho, Emídio Vaz de Oliveira, Fernando Loureiro Braga Pereira da Cunha, Guido Antônio Couto Maciel, Guido de Magalhães Arantes, Heitor Moreira Harrera, Herman Beczkswsky, Jauary Guimarães de Souza Marinho, João Augusto de Souto Loureiro, João Carneiro dos Santos, José Ribamar Nunes Moreira, Judah Elizer Levy, Luiz Adolpho Bernardes Baptista, Luiz Carlos Vela Antony, Luiz Felipe Bernard d’Arangona, Luiz Maximino de Miranda Corrêa Neto, Márcio Baroukel de Souza Braga, Márcio Rodrigues Lima, Maurício Gomes de Lemos, Nelson Esagui, Ignácio de Almeida, Plínio Xavier Benfica, Umberto Calderaro Filho, Wilson Ney Batista, Wilson da Silveira Pereira e Wilson Vieira dos Santos. (Jornal do Comércio, de 24 de maio de 1969, p.8)

• Inauguração da nova unidade geradora Diesel, na subestação da avenida Wilkens de Mattos, no Plano Inclinado, instalada recentemente pela Companhia de Eletricidade de Manaus (CEM) para reforçar o abastecimento de energia elétrica de Manaus. (A Crítica, de 26 de maio de 1969, p.9)

• Inauguração da sede, em Manaus, do 1º Distrito Federal de Obras de Saneamento, na avenida Getúlio Vargas, n. 860. (O Jornal, de 28 de maio de 1969, p.3)

Por Durango Duarte.

Clique aqui e leia a série 50 anos (1969-2019).

sobre o autor

Articulista-Durango-Duarte Durango Duarte é empresário, publicitário, escritor e pesquisador. É Diretor-Presidente do Instituto Durango Duarte e CEO das empresas #PESQUISA365 e The Voice. Nasceu em 11 de novembro de 1963, em Cachoeira do Sul/RS e veio com a família à capital amazonense em fevereiro de 1975. Apaixonado pela história, pelas memórias de Manaus.