15ª semana de 1969

compartilhe

09 DE ABRIL – QUARTA-FEIRA

• Dia do Colégio Estadual do Amazonas, efeméride instituída nesta data por ser o dia em que o interventor federal Álvaro Botelho Maia, por meio do Decreto-Lei nº 4.244, de 9 de abril de 1942 (Lei Orgânica do Ensino Secundário), substituiu o nome de Ginásio Amazonense Pedro II pela denominação Colégio Estadual do Amazonas. (O Jornal, de 9 de abril de 1969, p.5)

• Início da ligação aérea-cargueira da Avianca, entre Panamá e Manaus, via Bogotá, operando com o avião C-54 com capacidade de oito toneladas livres. (A Crítica, de 10 de abril de 1969, p.5)

10 DE ABRIL – QUINTA-FEIRA

• Aniversário de 32 anos de fundação da Associação Amazonense de Imprensa, ocasião em que o presidente da AAI, Newton Aguiar, falou sobre a edificação da nova Casa da Imprensa do Amazonas, no mesmo local da atual, com dois andares, em um grande edifício a ser construído pela construtora Casul, com dependências para o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Amazonas. (Jornal do Comércio, de 11 de abril de 1969, p.8)

• Inauguração do Cinema de Arte da União Esportiva Portuguesa, com sessões todas as quintas-feiras, às 20h30. O filme de estreia foi “A Lista de Adrian Messenger”. (O Jornal, de 9 de abril de 1969, p.3)

• Fundação do Rotary Clube Adrianópolis, o número 13.683 no mundo e presidido pelo coronel Floriano Pacheco, titular da Suframa. (Jornal do Comércio, de 10 de abril de 1969, p.8)

• Equipe de voleibol do Rio Negro derrota o Nacional na final do 1º turno da Taça Estado do Amazonas, por 3 sets a 0. O jogo ocorreu na quadra “J.G. Araújo” e o técnico rionegrino era Arnaldo Santos. (Diário da Tarde, de 11 de abril de 1969, p.4)

11 DE ABRIL – SEXTA-FEIRA

• Inauguração de uma agência do Banco da Bahia S.A., na rua Marechal Deodoro, n. 213. Seu gerente era o senhor Eros Peixoto de Azevedo, ex-secretário de Administração da Prefeitura de Manaus. (O Jornal, de 8 de abril de 1969, p.5)

• Primeira reunião da torcida organizada “Galo Carijó”, na sede do Atlético Rio Negro Clube, com apresentação do coro e do samba característico da torcida. (O Jornal, de 11 de abril de 1969, p.12)

• Governador Danilo Areosa envia ofício à Companhia de Habitação do Amazonas (Cohab-AM), recomendando que o conjunto do Japiim seja denominado “Conjunto 31 de Março”, como reconhecimento do povo amazonense a um dos maiores benefícios trazidos pela Revolução de 1964, que foi o Plano Habitacional Brasileiro. (O Jornal, de 12 de abril de 1969, p.5)

12 DE ABRIL – SÁBADO

• Lançamento da rota Manaus-Porto Velho pela empresa aérea Cruzeiro do Sul, “com os confortáveis aviões YS-11, de fabricação japonesa, já utilizados, com bastante sucesso, na ligação com Boa Vista, capital de Roraima. O YS-11 irá a Porto Velho e voltará no mesmo dia, sendo o seu percurso normal calculado em 1 hora e 40 minutos de vôo, sem escalas”. (O Jornal, de 9 de abril de 1969, p.5)

13 DE ABRIL – DOMINGO

• Inauguração da iluminação do campo de futebol da Brasiljuta, com a realização de um torneio com a participação de todas as empresas que disputarão a VII Olimpíada Operária: Brasiljuta, Curtume Rio Negro, Camtel, Papaguara, Copam, Senai, CEM, Brasil Hévea, Compensa, J. A. Castro, Curtume Canadense e Moageira de Trigo. (Diário da Tarde, de 11 de abril de 1969, p.4)

14 DE ABRIL – SEGUNDA-FEIRA

• Aula inaugural do Curso Transplante Pré-Vestibular e Medicina, Farmácia e Odontologia, na rua Major Gabriel, 763, perto da Ramos Ferreira (onde funciona o Curso General Osório). O Transplante é uma fusão do Curso Dr. Barnard, fundado em 1968 pelo professor Anísio Ferreira de Souza, e possui as seguintes matérias e professores: Química – profs. Fred Arruda e Mario Ewerton; Física – Anísio de Souza e Pedro Russo Nasser; Biologia – Trigueiro, Abelardo e Abel; Português – Adair; Inglês – Marcos Barros; e Francês – Moisés. (O Jornal, de 9 de abril de 1969, p.5)

15 DE ABRIL – TERÇA-FEIRA

• Início das inscrições de clubes ao Campeonato Amazonense de Futebol. “Entrementes, os clubes ativam seus preparativos no tocante à regularização de seus atletas, estando quase em dia as associações Nacional, Rio Negro, Fast Clube e Rodoviária. O Sul América é o mais irregular, dado que ainda não entregou à FAF nenhum pedido de transferência de atleta e nenhum contrato para registro, seguindo América, São Raimundo e Olímpico, sendo que este já deu entrada em alguns contratos, faltando as transferências dos novos jogadores”. (O Jornal, de 10 de abril de 1969, p.12)

• Governador Danilo Areosa envia à Assembleia Legislativa anteprojeto de lei autorizando ao Poder Executivo fazer empréstimo externo de US$ 2 milhões para a aquisição de equipamento e construção de uma emissora de televisão educativa. (Jornal do Comércio, de 16 de abril de 1969, p.8)

• A Assembleia Legislativa aprova a concessão de título de “Cidadão do Amazonas” ao ministro da Fazenda, Antônio Delfim Neto, proposta pelo deputado estadual Sergio Pessoa Neto. (O Jornal, de 16 de abril de 1969, p.2)

Por Durango Duarte.

Clique aqui e leia a série 50 anos (1969-2019).

sobre o autor

Articulista-Durango-Duarte Durango Duarte é empresário, publicitário, escritor e pesquisador. É Diretor-Presidente do Instituto Durango Duarte e CEO das empresas #PESQUISA365 e The Voice. Nasceu em 11 de novembro de 1963, em Cachoeira do Sul/RS e veio com a família à capital amazonense em fevereiro de 1975. Apaixonado pela história, pelas memórias de Manaus.