Artigos

25 de janeiro de 2017

Sensação de perigo

Há algum tempo que venho escrevendo sobre a situação ruim das ruas, calçadas e avenidas de Manaus. Indo além, venho falando que está difícil morar nessa cidade. Violência, informalidade extrema, sujeira, buracos, alagações e trânsito caótico são alguns dos problemas que assolam os bravos moradores, que, algumas vezes, são cúmplices ativos desse estado de coisas.

Articulista-Gilson-GilCarioca, nascido em Madureira e criado no Catete. Sociólogo e professor da UFAM, já trabalhou em várias instituições de ensino no Amazonas e em outros Estados. É torcedor do Flamengo, está em Manaus desde 1992 e possui uma filha meio carioca, meio manauara. Torce pela cidade e pelas pessoas que aqui vivem. Gilson Gil
Sociólogo
23 de janeiro de 2017

A qualidade do ensino de ontem é infinitamente superior à de hoje

Na saída dos colégios, quando as estudantes de Manaus nem sonhavam que a calça desbancaria a saia, elas enrolavam o cós da cintura para expor ainda mais suas pernas (ah, as rótulas da Kariné!). Nessa fase de pernas e rótulas à mostra, eu fiz o Exame de Admissão para o Colégio Brasileiro e Instituto de Educação do Amazonas – IEA. Passei nos dois, escolhi o que primeiro divulgou o resultado.

Articulista-Lucio-MenezesManauara, criado na José Clemente, Rua integrante do mais famoso quadrilátero do planeta terra. Torcedor do Fluminense, filho de Luiz e Joanna, canhoto, apreciador de vinho, cantor de banheiro, ex-atleta, ex-cabeludo, arremedo de poeta e escritor, heterossexual, sonhador e eterno aprendiz. Lúcio Menezes
Administrador
19 de janeiro de 2017

Contando histórias (9)

Minha primeira filha Juliana havia nascido e eu, após cursar mestrado em sociologia na UFMG, em Belo Horizonte, estava de volta a Manaus. Mais uma vez em A Crítica, dessa vez na Chefia de Reportagem. Era uma época de mudanças. A redação tinha novo endereço. A antiga funcionava à rua Lobo D’Almada e a nova ficava na parte que dava para a rua José Sarmento, ambas no Centro da cidade.

Articulista-Claudio-BarbozaUm místico religioso, que hoje poderia ser arcebispo pelo tempo de estudo no seminário... Mas fez opção pelo jornalismo. Entre Manaus e Minas uma dúvida eterna. Ex-jogador de basquete, Garantido de coração e tricolor das Laranjeiras. Graduado em Filosofia na Faculdade Belo Horizonte, jornalismo pela UFAM, mestre em sociologia pela UFMG. Cláudio Barboza
Jornalista
16 de janeiro de 2017

Fora do ninho

Chegou o momento de encarar um exame vestibular. E agora José, para onde? Por anos tinha sonhado em ser engenheiro ou arquiteto.

Articulista-José-SardinhaNascido caipira-pirapora, virou amazonense em meados dos anos 70. Por acaso militou no movimento estudantil, ajudou a criar um partido e virou médico. Não sabe rezar, mas adora música. Não sabe ganhar dinheiro, mas tem todos os vícios enunciáveis de público sem corar. É ex-atleta, sem convicção nenhuma e desconfiado. José Carlos Sardinha
Médico
09 de janeiro de 2017

Deep River

Chegamos a incluir em nosso repertório (meu e do Dão) um antigo gospel que tínhamos aprendido em um disco de Leopold Stokowski, chamado “Deep River”.

Articulista-José-SardinhaNascido caipira-pirapora, virou amazonense em meados dos anos 70. Por acaso militou no movimento estudantil, ajudou a criar um partido e virou médico. Não sabe rezar, mas adora música. Não sabe ganhar dinheiro, mas tem todos os vícios enunciáveis de público sem corar. É ex-atleta, sem convicção nenhuma e desconfiado. José Carlos Sardinha
Médico
04 de janeiro de 2017

Feliz Ano Novo! Tristes tragédias antigas

Depois de algum tempo sem escrever por aqui, entro no ano novo com certa disposição, pretendendo homenagear pelas teclas algumas figuras amazonenses esquecidas no tempo. São vários personagens que, apesar de terem sido expressivos na sua respectiva época de atuação, sequer são conhecidos pelos que hoje circulam vivos na nossa cidade de Manaus.

Articulista-Jorge-AlvaroGinasiano do Colégio Estadual, de 1969 a 1975, tímido para ser líder, somente em 1996 presidiu a associação dos juízes trabalhistas da Região, por dois anos. De Manaus, onde pretende morrer, ouve música e assiste filmes, indiscriminadamente. Mais leitor que escritor, afinal ser o segundo é para poucos. Aceita desafios. Jorge Alvaro
Magistrado
02 de janeiro de 2017

A morte do Lamparina e o dia que a minha auto-estima subiu ao céu

Próxima aula, minha irmã anuncia que começaremos a estudar análise de textos e distribui cópias de minha redação.

Articulista-José-SardinhaNascido caipira-pirapora, virou amazonense em meados dos anos 70. Por acaso militou no movimento estudantil, ajudou a criar um partido e virou médico. Não sabe rezar, mas adora música. Não sabe ganhar dinheiro, mas tem todos os vícios enunciáveis de público sem corar. É ex-atleta, sem convicção nenhuma e desconfiado. José Carlos Sardinha
Médico
31 de dezembro de 2016

Um breve histórico da formação do estado do Amazonas – VII

Naquela sessão do dia 13 de maio, dos 101 deputados diplomados durante a vigência da 5ª Legislatura, estavam presentes 85 parlamentares. Destes, apenas dez deputados discutiram a respeito da emancipação do Amazonas, sendo cinco a favor e cinco contra a criação de uma nova região administrativa no Império.

Articulista-Durango-DuarteGaúcho amazonense, militante estudantil nos anos 1980, empresário nas áreas de Marketing e Comunicação, consultor político, autor de diversas obras literárias, articulista, blogueiro, diretor presidente do Instituto Durango Duarte, apaixonado por história do Amazonas e de Manaus, às vezes torce pelo Grêmio. Durango Duarte
Empresário
28 de dezembro de 2016

Contando histórias (8)

Na primeira vez que entrei na redação de “A Notícia”, o jornal ficava localizado na Praça Tenreiro Aranha, altos da Drogaria Fink.

Articulista-Claudio-BarbozaUm místico religioso, que hoje poderia ser arcebispo pelo tempo de estudo no seminário... Mas fez opção pelo jornalismo. Entre Manaus e Minas uma dúvida eterna. Ex-jogador de basquete, Garantido de coração e tricolor das Laranjeiras. Graduado em Filosofia na Faculdade Belo Horizonte, jornalismo pela UFAM, mestre em sociologia pela UFMG. Cláudio Barboza
Jornalista
24 de dezembro de 2016

Um breve histórico da formação do estado do Amazonas – VI

Os debates para a emancipação do Amazonas realizados na Assembleia Geral do Império, no Rio de Janeiro, tiveram início já na 1ª Legislatura, em 1826.

Articulista-Durango-DuarteGaúcho amazonense, militante estudantil nos anos 1980, empresário nas áreas de Marketing e Comunicação, consultor político, autor de diversas obras literárias, articulista, blogueiro, diretor presidente do Instituto Durango Duarte, apaixonado por história do Amazonas e de Manaus, às vezes torce pelo Grêmio. Durango Duarte
Empresário
23 de dezembro de 2016

Um passeio de Natal

O que vi nesse simples passeio foi aterrador e serviu para que repensasse várias ideias que tinha sobre os habitantes, seus hábitos e sentimentos.

Articulista-Gilson-GilCarioca, nascido em Madureira e criado no Catete. Sociólogo e professor da UFAM, já trabalhou em várias instituições de ensino no Amazonas e em outros Estados. É torcedor do Flamengo, está em Manaus desde 1992 e possui uma filha meio carioca, meio manauara. Torce pela cidade e pelas pessoas que aqui vivem. Gilson Gil
Sociólogo
23 de dezembro de 2016

¿Adónde fue a su gracia, bello angelito?

O pequeno foi o primeiro a acordar naquela manhã de domingo, último Natal dos anos setenta. – Articulista José Carlos Sardinha

Articulista-José-SardinhaNascido caipira-pirapora, virou amazonense em meados dos anos 70. Por acaso militou no movimento estudantil, ajudou a criar um partido e virou médico. Não sabe rezar, mas adora música. Não sabe ganhar dinheiro, mas tem todos os vícios enunciáveis de público sem corar. É ex-atleta, sem convicção nenhuma e desconfiado. José Carlos Sardinha
Médico
Página 10 de 23...9101112...20...

Articulistas