Artigos

22 de junho de 2017

O olhar do historiador

“O olhar do historiador se lança no tempo, mas é também um olhar do tempo, trazendo em si a inescapável marca da historicidade.”

Articulista Hélio DantasProfessor de História em Manaus há 11 anos. Coordenador do Centro de Documentação do Colégio Amazonense D. Pedro II. Historiador, atuando na Secretaria de Estado da Cultura do Amazonas na Gerência de Patrimônio e Museu do Teatro Amazonas. É autor do livro Arthur Cézar Ferreira Reis: Trajetória Intelectual e Escrita da História (Paco Editorial, 2014). Tem particular interesse pela História dos Intelectuais e da Educação no Amazonas. Hélio Dantas
Historiador
20 de junho de 2017

Letícia, o “anjo caído”

“Não seria justo que essa história terminasse assim, com os curumins e as cunhatãs sem dar o troco na ‘coisa ruim’, no ‘carcará sanguinolento’.”

Articulista-Lucio-MenezesManauara, criado na José Clemente, Rua integrante do mais famoso quadrilátero do planeta terra. Torcedor do Fluminense, filho de Luiz e Joanna, canhoto, apreciador de vinho, cantor de banheiro, ex-atleta, ex-cabeludo, arremedo de poeta e escritor, heterossexual, sonhador e eterno aprendiz. Lúcio Menezes
Administrador
15 de junho de 2017

Por quem doura a praia

Inicialmente me perguntaram por que Dourada? Expliquei que quase diariamente, o lugar é iluminado pela luz do pôr-do-sol, com seus tons amarelos e dourados. Vimos o belo sol deitar sobre a mata, revelando inúmeras silhuetas que se divertiam sob sua luz.

Amazonense, artista visual e historiador da cidade. Gosta de literatura, música, cinema e fotografia. Não dirige, mora no centro da cidade. Nada no Nacional e anda pela cidade olhando e fotografando pequenas coisas. Otoni Mesquita
Professor
12 de junho de 2017

Amazônia: videografia no Arquivo Nacional

Aqui vou me ater a alguns vídeos produzidos nas décadas de 1960-70, a respeito das ações políticas e administrativas da ditadura civil-militar.

Articulista Hélio DantasProfessor de História em Manaus há 11 anos. Coordenador do Centro de Documentação do Colégio Amazonense D. Pedro II. Historiador, atuando na Secretaria de Estado da Cultura do Amazonas na Gerência de Patrimônio e Museu do Teatro Amazonas. É autor do livro Arthur Cézar Ferreira Reis: Trajetória Intelectual e Escrita da História (Paco Editorial, 2014). Tem particular interesse pela História dos Intelectuais e da Educação no Amazonas. Hélio Dantas
Historiador
06 de junho de 2017

TV: um exemplo fitness

É de senso comum e estatístico que na média a população mundial tem sua massa corporal aumentada se comparada com anos anteriores, e isso em parte se deve aos avanços tecnológicos nas áreas de produção e armazenamento dos alimentos.

Henrique PecinattoAprendiz nível II de Físico, que em minha escala significa "falta muito para entregar a dissertação". 30/49 amazonense e apaixonado por esportes. Um curioso por natureza e da natureza, acha engraçado o caminhar das formigas, e amante de ímãs, mas tem um certo temor de eletrodinâmica. Henrique Pecinatto
Físico
02 de junho de 2017

José Osterne de Figueiredo: Reviravolta (Parte IV)

A prisão de José Figueiredo encerrava o caso das mortes de Anacleto Gama e Antônio Dias. Ao menos, era isso o que imprensa e polícia quiseram e fizeram crer.

Articulista-Durango-DuarteGaúcho amazonense, militante estudantil nos anos 1980, empresário nas áreas de Marketing e Comunicação, consultor político, autor de diversas obras literárias, articulista, blogueiro, diretor presidente do Instituto Durango Duarte, apaixonado por história do Amazonas e de Manaus, às vezes torce pelo Grêmio. Durango Duarte
Empresário
18 de maio de 2017

Contando histórias (13)

Em relação à criação do Caderno C não dá pra ir adiante sem falar da participação do professor Paulo Graça.

Articulista-Claudio-BarbozaUm místico religioso, que hoje poderia ser arcebispo pelo tempo de estudo no seminário... Mas fez opção pelo jornalismo. Entre Manaus e Minas uma dúvida eterna. Ex-jogador de basquete, Garantido de coração e tricolor das Laranjeiras. Graduado em Filosofia na Faculdade Belo Horizonte, jornalismo pela UFAM, mestre em sociologia pela UFMG. Cláudio Barboza
Jornalista
16 de maio de 2017

Paciência

[…] pensar uma cidade como Manaus significa, além das habituais propostas de reforma urbana, pensar também sobre os dilemas e obstáculos inevitáveis que ocorrerão.

Articulista-Gilson-GilCarioca, nascido em Madureira e criado no Catete. Sociólogo e professor da UFAM, já trabalhou em várias instituições de ensino no Amazonas e em outros Estados. É torcedor do Flamengo, está em Manaus desde 1992 e possui uma filha meio carioca, meio manauara. Torce pela cidade e pelas pessoas que aqui vivem. Gilson Gil
Sociólogo
10 de maio de 2017

O mitômano alcunhado “Pará”

“Eu abusava das calças boca de sino (pantalonas), usava cabelos compridos; ouvia, principalmente, MPB, jogava futebol com os pés descalços…”

Articulista-Lucio-MenezesManauara, criado na José Clemente, Rua integrante do mais famoso quadrilátero do planeta terra. Torcedor do Fluminense, filho de Luiz e Joanna, canhoto, apreciador de vinho, cantor de banheiro, ex-atleta, ex-cabeludo, arremedo de poeta e escritor, heterossexual, sonhador e eterno aprendiz. Lúcio Menezes
Administrador
Página 1 de 171234...10...

Articulistas